Balanço Mensal

4 561 GWh
Consumo Mensal
72 %
% Produção Renovável

Balanço Energético

Consumo referido à produção líquida das centrais, no mês selecionado, mês homólogo do ano anterior, acumulado anual, acumulado homólogo do ano anterior e respetivas variações. Apresenta-se ainda a repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. Além dos valores da energia mensal apresenta-se também a ponta (valor máximo instantâneo) verificada no mês selecionado para cada uma das fontes primárias.

 

Ponta [MW]

dez 20 [GWh]

Acumulado [GWh]

dez 19 [GWh]

Acumulado [GWh]

Mês [Variação %]

Acumulado [Variação %]

PRODUÇÃO TOTAL 11 757 4 677 49 344 5 532 48 775 -15.4 1.2
Produção Renovável 8 660 3 323 28 778 4 124 25 938 -19.4 11.0
Hídrica 1 5 590 1 405 12 198 2 310 8 593 -39.2 42.0
Eólica 4 584 1 563 12 067 1 498 13 423 4.4 -10.1
Solar 602 66 1 270 53 1 062 24.6 19.6
Ondas
Biomassa 2 426 289 3 242 263 2 859 9.7 13.4
Cogeração 190 125 1 379 123 1 380 1.0 -0.1
Outros 250 164 1 863 140 1 479 17.5 26.0
Produção não Renovável 4 779 1 185 18 954 1 253 21 389 -5.4 -11.4
Carvão 1 177 152 2 133 133 5 087 14.3 -58.1
Gás Natural 3 921 1 010 16 565 1 104 16 079 -8.5 3.0
Ciclo Combinado 3 260 629 12 152 734 11 621 -14.3 4.6
Cogeração 669 381 4 413 370 4 458 3.0 -1.0
Outra Térmica 3 39 24 256 16 223 48.4 14.8
Cogeração 12 6 66 2 17 304.6 279.5
Outros 29 17 190 14 206 20.4 -7.6
Produção por Bombagem   169 1 612 155 1 449 8.9 11.2
CONSUMO EM BOMBAGEM 2 020 214 1 986 197 1 825 9.0 8.8
SALDO IMPORTADOR 3 340 98 1 456 -844 3 399 +/- -57.2
Importação (valor comercial) 3 330 542 6 401 205 7 035 164.6 -9.0
Exportação (valor comercial) 3 996 445 4 943 1 047 3 640 -57.5 35.8
CONSUMO 8 431 4 561 48 814 4 492 50 349 1.5 -3.0
1 Produção a partir do caudal natural;
2 Inclui: Biomassa florestal, biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos;
3 Inclui: Fuelóleo, gasóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos

Abastecimento do Consumo

dez 20

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são mensais, para o mês selecionado e para o mês homólogo do ano anterior.

dez 19

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são mensais, para o mês selecionado e para o mês homólogo do ano anterior.

dez 20

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são mensais, para o mês selecionado e para o mês homólogo do ano anterior.

dez 19

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são mensais, para o mês selecionado e para o mês homólogo do ano anterior.

Abastecimento do Consumo Anual

2020

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são os valores acumulados desde o início do ano até ao final do mês selecionado e os valores acumulados do período homólogo do ano anterior.

2019

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são os valores acumulados desde o início do ano até ao final do mês selecionado e os valores acumulados do período homólogo do ano anterior.

2020

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são os valores acumulados desde o início do ano até ao final do mês selecionado e os valores acumulados do período homólogo do ano anterior.

2019

Repartição da produção por fonte primária – carvão, gás natural, água, vento, sol, biomassa e outros. As fontes estão disponíveis individualmente selecionando “Detalhado” ou agrupadas em renováveis (água, vento, sol e biomassa) e não-renováveis (carvão, gás natural e outros) selecionando “Agregado”. A biomassa inclui a cogeração renovável, a biomassa florestal, o biogás e a fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos. Em “Outra Térmica” inclui-se fuelóleo, a fração não-biodegradável dos resíduos sólidos urbanos e outros resíduos. Caso o saldo importador seja positivo inclui-se também a sua contribuição para o consumo de eletricidade em Portugal Continental.
Os valores apresentados são os valores acumulados desde o início do ano até ao final do mês selecionado e os valores acumulados do período homólogo do ano anterior.

Balanço da RNT

O Balanço físico da RNT contabiliza as entradas e saídas de energia elétrica na Rede Nacional de Transporte de Eletricidade. A energia entrada na rede está repartida por Produtores, Interligações e Subestações RNT, tratando-se neste último caso de energia produzida ao nível da Rede de Distribuição e injetada na Rede de Transporte quando a produção é superior ao consumo local. A energia saída está repartida por Produtores e Clientes MAT, que correspondem aos clientes ligados diretamente à Rede de Transporte, Interligações, Subestações RNT, que correspondem às entregas às redes de distribuição e ainda Consumos Próprios nas instalações da própria Rede de Transporte.
A diferença entre as Entradas e Saídas correspondem às perdas na RNT.

 

Ponta [MW]

dez 20 [GWh]

2020 [GWh]

dez 19 [GWh]

2019 [GWh]

ENERGIA ENTRADA 9 524 3 904 42 826 4 502 43 029
Produtores 9 415 2 884 32 883 3 772 32 559
Interligações 3 340 658 7 553 360 8 099
Subestações 1 333 361 2 390 370 2 371
ENERGIA SAÍDA 9 376 3 820 42 036 4 396 42 294
Produtores e Clientes MAT 2 311 406 4 104 369 3 813
Bombagem 1 984 212 1 964 195 1 793
Interligações 3 977 561 6 097 1 204 4 700
Subestações 5 972 2 851 31 820 2 821 33 766
Consumos Próprios   1 15 1 14
PERDAS 84 790 107 735
PERDAS [%] 2.15 1.84 2.37 1.71
Inclui produtores/clientes AT ligados à RNT por linhas particulares.

Potência Instalada

Potência de ligação à Rede Pública, ou potência instalada no caso dos produtores térmicos aderentes à Portaria 399/2002. Nos produtores eólicos inclui-se a potência adicional ao abrigo do DL 94/2014. Para cada uma das fontes primárias indica-se também a ponta (maior valor instantâneo da produção) histórica.

 

dez 20 [MW]

Ponta [MW]

Data da Ponta  

Hídrica 9 034 6 387 2018-03-21 19:30
Eólica 5 246 4 667 2019-11-22 13:30
Solar 883 631 2020-10-11 13:00
Biomassa 703 430 2020-10-10 12:15
Gás Natural 4 586 4 052 2017-07-28 11:30
Carvão 1 756 1 796 2007-12-31 08:30
Outra Térmica 28 2 193 2001-12-18 17:30
TOTAL 22 236 11 994 2018-03-07 20:00
Bombagem 3 148 2 480 2019-11-11 01:45
Consumo   9 403 2010-01-11 19:15
Potências de ligação à Rede Pública ou Potência instalada nos Produtores Térmicos
aderentes à Portaria 399/2002. Nos eólicos inclui-se a potência adicional ao abrigo do DL 94/2014